quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Prémio Nobel da Paz 2017


A Campanha Internacional para a Abolição de Armas Nucleares (em inglês ICAN — International Campaign to Abolish Nuclear Weapons) foi distinguida esta sexta-feira com o Nobel da Paz de 2017. A organização não-governamental, que reúne grupos de uma centena de países, pretende proibir e eliminar este tipo de armamento.

in PÚBLICO

Continuar a ler: https://www.publico.pt/2017/10/06/mundo/noticia/vence-nobel-da-paz-1787890

Prémio Nobel da Física 2017


Albert Einstein, que transformou profundamente a visão que temos do Universo com a sua teoria da relatividade, do início do século XX, acertou outra vez. E tão certo estava que as ondas gravitacionais previstas teoricamente por ele há mais de 100 anos, mas fugidias a qualquer detecção durante décadas e décadas, foram finalmente registadas em Setembro de 2015 por dois grandes detectores nos Estados Unidos. Foi esse extraordinário feito científico, provando que as ondas gravitacionais existiam mesmo, que recebeu o Prémio Nobel da Física de 2017, atribuído esta terça-feira a um trio de investigadores nos Estados Unidos: Rainer Weiss (do Instituto de Tecnologia do Massachusetts), Barry Barish e Kip Thorne (ambos do Instituto de Tecnologia da Califórnia).

in PÚBLICO

Continuar a ler: https://www.publico.pt/2017/10/03/ciencia/noticia/nobel-da-fisica-para-deteccao-das-ondas-gravitacionais-1787506

Prémio Nobel da Química 2017


Eles fizeram com que hoje conseguíssemos ver a vida de uma forma mais nítida e detalhada, como nunca antes tínhamos experimentado. Desenvolveram uma tecnologia, que se materializou num poderoso instrumento, que nos deixa olhar para o interior das células, para a estrutura das suas moléculas e até para os seus ínfimos átomos. É a mais íntima perspectiva que temos das moléculas da vida e que nos pode ajudar a saber mais sobre doenças e a desenvolver fármacos. Jacques Dubochet, Joachim Frank e Richard Henderson ganharam esta quarta-feira o Prémio Nobel da Química de 2017 pelo desenvolvimento desta técnica chamada criomicroscopia electrónica.

in PÚBLICO

Continuar a ler: https://www.publico.pt/2017/10/04/ciencia/noticia/nobel-da-quimica-para-novas-formas-de-olhar-para-as-moleculas-da-vida-1787661

Prémio Nobel da Medicina 2017


São geneticistas e cronobiólogos. Ou uma espécie de relojoeiros do corpo humano. Michael Rosbash, Jeffrey Connor Hall e Michael Warren Young conquistaram esta segunda-feira o Prémio Nobel da Fisiologia ou Medicina por descobertas sobre os mecanismos moleculares que controlam o ritmo circadiano. Os trabalhos com mais de duas décadas nesta área mostraram como funcionam genes que estão ligados ao sono e à forma como regulamos o nosso metabolismo nas diferentes fases do dia. Os três cientistas norte-americanos revelaram alguns dos importantes circuitos e peças que fazem a complexa máquina do nosso relógio biológico funcionar. E, claro, perceberam onde e como pode avariar.

in PÚBLICO

Continuar a ler: https://www.publico.pt/2017/10/02/ciencia/noticia/nobel-da-medicina-vai-para-descobertas-sobre-mecanismos-do-ritmo-circadiano-1787380

Prémio Nobel da Literatura 2017


O Nobel da Literatura de 2017 foi atribuído ao escritor inglês Kazuo Ishiguro e aos seus "romances de grande força emocional, que revelam o abismo da nossa ilusória sensação de conforto em relação ao mundo", anunciou esta manhã em Estocolmo a secretária permanente da Academia Sueca Sara Danius.

in PÚBLICO

Continuar a ler: https://www.publico.pt/2017/10/05/culturaipsilon/noticia/nobel-da-literatura-para-1787807

terça-feira, 19 de setembro de 2017

BOM ANO !


A leitura abre-nos horizontes!






Para começar, fica  esta ligação a centenas de escritores que utilizam a nossa língua!

terça-feira, 9 de maio de 2017

CONCURSO DE POESIA INTERESCOLAS DE VILA NOVA DE GAIA



RESULTADOS





Este ano, os nossos poetas concorreram em três escalões: F, H e I.

O júri da escola selecionou, de acordo com o regulamento,  um poema em cada escalão, para a fase seguinte,.

O júri final, apurou os vencedores, em todos os  escalões (de A a R). 

E estes foram os resultados da nossa escola:


Escalão F - Pseudónimo:  "A sonhadora"

                   Nome - Ana Rogeiro, 7º G 

                   Poema  - Se eu pudesse

Não foi distinguido pelo júri final. 


Escalão H - Pseudónimo:  "Leonor Baía" 

                   Nome  - Maria Margarida Baía Bastos da Rocha Maia, 11ºF

                   Poema  - Luna

Menção Honrosa


Escalão I - Pseudónimo:  "Poeta Laureatus" 

                   Nome - José Francisco Ferreira Borges, 12º I

                   Poema  - "Não deixa Amor entender-se"

1º Prémio. 


Os poemas:



Se eu pudesse
                     

Ah, se eu pudesse voar
E com os pássaros viajar
Poderia sobrevoar tudo
Sentir-me-ia a rainha do mundo!

Ah, se eu pudesse respirar debaixo de água
Para com os golfinhos brincar
E habitar num coral
Nada correria mal!

Ah, se eu pudesse…
Tanta coisa queria fazer
Vou continuar a sonhar
Até um dia acontecer…



«A sonhadora»
Escalão F








Luna

Um banho de prata a flutuar,
Um disco iriante no céu crepuscular.
Com a elegância de cada badalada
Forma-se o mistério da noite cerrada.

Sentinela dos segredos que abriga
E agasalho para os leves cochilos.
Acolhe sublimes sonhos e sigilos
Que nem o próprio Destino imagina.

Ponto de encontro dos amantes
Em perpétua fuga da existência,
Mas predileta deusa dos diletantes
Do solene movimento em cadência.

Em tertúlias ou em solitário vagar
Assim são as temporadas ao luar.



Leonor Bahía
 Escalão H






Não deixa Amor entender-se
De quem com ele não se entende,
Antes procura esconder-se,
E de todo defender-se
De quem dele se defende.

Nem usa comunicar-se
A quem não o comunica,
Por não deixar declarar-se,
De quem quer certo mostrar-se
Do que em si não verifica.

Por esta causa acontece
A quem cuida ter Amor,
Que menos dele conhece,
E quem mais diz que padece
 Menos sentir sua dor.


Poeta Laureatus
 Escalão I